10 maneiras gratuitas de comercializar sua pequena empresa on-line

Tem um pequeno negócio e procura a melhor forma de o comercializar online. Este post analisa ótimas abordagens que também são gratuitas.

O marketing é a alma de qualquer negócio. Portanto, a melhor coisa que você pode fazer pela sua pequena empresa é comercializá-la de forma eficaz.

Ao contrário da percepção popular, o marketing não se resume a táticas desprezíveis que convencem as pessoas a abrir mão de seu dinheiro e comprar coisas de que não precisam. Não, há muito mais no marketing do que isso.

Uma boa estratégia de marketing deve enriquecer a vida do seu cliente, oferecendo um bom valor a um ótimo preço. Este post analisa as muitas maneiras gratuitas de entrar em contato gratuitamente on-line e informar seus futuros clientes o que você tem a oferecer.

Maneiras gratuitas de comercializar sua pequena empresa on-line

1. Desenvolva uma marca

A ferramenta de marketing mais importante é a marca. E não, uma marca não é o mesmo que um logotipo. Um logotipo pode representar uma marca, mas o logotipo não é a marca.

Criar uma marca envolve diferenciar sua empresa das demais. Você precisa responder a algumas perguntas, como:

  1. Por que você está neste negócio?
  2. Qual é a sua história?
  3. O que exatamente você tem a oferecer?
  4. O que pode beneficiar alguém fazer negócios com você e não com sua concorrência?

Ao descobrir por que você está fazendo o que está fazendo e o que tem a oferecer, seu próximo passo é descobrir seu cliente ou cliente ideal. Se você está vendendo sapatos femininos, por exemplo, seu público principal deve ser mulheres jovens e de meia-idade.

Depois de saber disso, é hora de criar uma boa cópia que atraia esse público. Você precisa que ele seja direto ao ponto e responda a possíveis perguntas que um cliente em potencial possa ter enquanto conta sua história.

Você precisará elaborar cuidadosamente um pequeno discurso de elevador sobre o seu negócio, clichês para comunicados à imprensa e uma página “Sobre nós” para o seu site. Se você deseja comercializar seu negócio de forma eficaz, precisa fazer isso primeiro. Você pode descobrir mais informações sobre branding no site de Simon Sinek “Comece com o porquê”.

2. Obtenha um site 

Se você leva a sério o marketing de sua pequena empresa on-line, precisa de um site. Não precisa ser um site complexo com sinos e assobios. Em vez disso, uma simples presença na web que indica sua missão ou negócio servirá.

Se você já tem um site, tudo bem. Caso contrário, muitas plataformas gratuitas como Weebly oferecer um construtor de sites gratuito com um subdomínio gratuito e hospedagem gratuita. Tudo o que você precisa fazer é trabalhar um pouco e seu negócio está online.

Para quem já tem um nome de domínio e gostaria de hospedagem grátis, Netlify oferece hospedagem gratuita com distribuição de conteúdo apenas para sites estáticos. Estes são principalmente sites Jamstack modernos e um bom gerador com muitos recursos amigáveis ​​​​para iniciantes é gatsby.

3. Otimização para mecanismos de busca

O próximo passo para solidificar sua presença online é SEO, que significa Search Engine Optimization.

Primeiro, você quer ver palavras-chave relacionadas ao seu negócio ou site, e uma ferramenta boa e gratuita para isso é o Planejador de palavras-chave do Google. Basta inserir algumas frases ou inserir o endereço do seu site e ele exibirá termos para você segmentar.

Você também deve registrar seu site com Plataforma para webmasters do Google, pois isso o ajudará a ver e corrigir possíveis erros no site. Então, há análise para ajudá-lo a ver de onde vêm os visitantes do seu site.

Outras otimizações incluem garantir que a cópia do seu site seja escrita com boa gramática. Que não há erros, a interface do usuário do site é boa de se ver e não demora muito para carregar.

4. Comece a blogar – Inbound Marketing

O inbound marketing pode ser uma estratégia muito eficaz para muitas empresas. O objetivo aqui é responder a perguntas ou oferecer soluções que seu cliente-alvo possa ter ou estar procurando. Isso os leva ao seu site por meio de suas postagens no blog e eles eventualmente descobrem sua empresa e o que você representa.

Veja por que o Passo 1. é muito importante em qualquer empreendimento?

Você pode iniciar o blog em seu site. A maioria dos provedores de hospedagem oferece instalações do WordPress com 1 clique. Você também pode iniciar um blog Jamstack gratuitamente no Netlify ou usar sites de blogs como WordPress.com e Medium.com.

Temos um passo a passo sobre como criar um blog com muita facilidade. Você pode segui-lo.

A escolha é sua aqui. Tudo o que você precisa é descobrir quais problemas seus futuros clientes estão enfrentando e começar a resolvê-los. Você pode conseguir isso melhor quando sabe quem está procurando.

Você pode manter o tom do blog casual ou mais formal, se quiser. Isso depende do seu tipo de negócio. O fator importante é que suas postagens sejam factuais e úteis.

5. Usar mídias sociais

Todo mundo conhece este, mas como você faz isso certo? O marketing de mídia social é o uso de plataformas sociais como Facebook, Twitter, LinkedIn, Pinterest e Instagram para obter novas perspectivas de negócios.

Primeiro, você deve observar que nem todas as plataformas são adequadas para todos os tipos de negócios. Plataformas como o Facebook podem ser ótimas para marketing business-to-consumer, enquanto o LinkedIn pode ser melhor para marketing business-to-business.

Você também precisará trabalhar para o seu público, postar mais conteúdo de qualidade e posts menos triviais, e organizar seus posts em torno dos melhores tempos de engajamento, analisando as respostas de seus posts anteriores.

Uma outra maneira de capturar novas perspectivas é seguir as tendências. Você faz isso simplesmente monitorando hashtags relacionadas à sua oferta de negócios. Em seguida, você cria um conteúdo que agrega valor à conversa, aproveitando a oportunidade para também transmitir sua mensagem de marketing.

6. Crie uma lista

Vamos fazer algumas contas. Se são necessários 100 visitantes em seu site para obter um cliente pagante, você tem uma taxa de conversão de 1%. Agora, se o seu cliente médio gasta $ 100 por transação. E $ 50 disso é o seu lucro, então você obtém um lucro de $ 50 por 100 visitantes.

Em outras palavras, cada visitante vale R$ 0.50 para sua empresa porque R$ 50 ÷100 = R$ 0.50. Conhecendo essa métrica, você pode facilmente gastar até US$ 0.30 ou até US$ 0.40 para atrair um único visitante porque eles valem mais.

É assim que a geração de leads funciona e por que criar uma lista de contatos de pessoas interessadas em sua oferta pode ajudar sua empresa a crescer. Constant Contact é o mais respeitável para algo assim. Outras plataformas como SendInBlue e Hubspot oferecem planos gratuitos para ajudá-lo a dar o pontapé inicial em suas campanhas de marketing por e-mail.

7. Comunicado de Imprensa

A imprensa pode ser poderosa, portanto, se você tiver alguma história interessante sobre o seu negócio, não hesite em fazer um comunicado à imprensa.

Um comunicado de imprensa é um artigo que anuncia notícias de uma organização. Você escreve um e o envia para uma plataforma de comunicados de imprensa para distribuição. Jornalistas e outros profissionais de mídia vasculham essas plataformas para encontrar submissões dignas de notícia que possam republicar em seus sites ou outras mídias.

Existem muitas plataformas de comunicados de imprensa na web, e isso inclui muitas gratuitas. Tudo o que eles exigem é que sua cópia seja de boa qualidade, interessante e factual. Aqui estão alguns sites que irão distribuir seu press release gratuitamente:

  1. Registro de relações públicas
  2. pr.com
  3. openPR
  4. Newswire hoje
  5. IssueWire

8. Entre em contato e colabore

Os negócios têm tudo a ver com colaboração, portanto, você deve estar sempre atento a possíveis parceiros, pois o certo pode ser inestimável.

Existem muitas oportunidades por aí, com inúmeros empresários procurando outros empresários para fazer parceria. Você pode começar a partir de fóruns e páginas de mídia social que atendem ao seu setor.

Dependendo do seu tipo de negócio, você também pode considerar usar afiliados ou se tornar um afiliado. Existem muitas redes de afiliados, como:

  1. CJ Affiliate
  2. ClickBank
  3. Shareasale
  4. perpperjam
  5. Amazon Associates

Você não está limitado a redes de afiliados, pois pode encontrar parceiros de negócios em todos os lugares. Você pode até mesmo lançar seu negócio para investidores anjo se você pudesse usar um mentor rico.

9. Marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo é a arte de criar e publicar conteúdo como estratégia de marketing. O conteúdo aqui pode incluir artigos de blog, vídeos, postagens de mídia social e até imagens.

Você deve observar que o objetivo do marketing de conteúdo é fornecer informações úteis aos leitores de qualquer plataforma ou comunidade, na esperança de maximizar a exposição do seu negócio com um link para seu site. Os mecanismos de pesquisa também classificam os sites com mais backlinks em seus resultados, aumentando assim os visitantes em potencial.

A seguir está uma lista de bons lugares para publicar seu conteúdo.

  1. Medium.com
  2. Quora
  3. Hubpages
  4. Postagem de convidado em blogs relevantes
  5. YouTube.com
  6. Tumblr.com
  7. Ezinearticles.com
  8. livejournal.com
  9. Goarticles.info

Embora o marketing de conteúdo envolva a promoção indireta do seu negócio, você pode usar sites classificados para promover diretamente. Tais sites incluem eBay.com, Craigslist.orge fóruns relevantes. Você só precisa seguir as regras da plataforma.

10. Organize-se

As empresas são chamadas de organizações por um motivo – é preciso organização para administrar um negócio com sucesso. Há muitas maneiras de se tornar e se manter organizado. E isso depende do seu tipo de negócio ou dos seus alvos.

No entanto, certas ferramentas sempre serão úteis para a maioria das empresas. Isso inclui plataformas de CRM ou Customer Relationship Management, software de gerenciamento de projetos, e-mail, gerenciadores de mídia social e calendários.

Aqui está uma lista de plataformas e softwares gratuitos que podem ajudá-lo a se organizar e melhorar sua eficiência.

  1. Zoho – CRM, e-mail, planilhas, armazenamento
  2. Trabalho em equipe - Gerenciamento de Projetos
  3. Publicação de buffer – Gerenciamento de mídias sociais
  4. Clique para cima – Gerenciamento de projetos, armazenamento
  5. Slack - Bate-papo em equipe
  6. Torção - Comunicações organizadas
  7. PandaDoc - Assinaturas eletrônicas
  8. LibreOffice – Software de escrita, planilha, apresentação e banco de dados
  9. Google Calendar - Gerencie seu tempo com eficiência

Conclusão

Chegamos ao final desta lista de 10 maneiras gratuitas de comercializar sua pequena empresa online. E como você pode ver, é possível ganhar exposição para bens e serviços na Internet sem gastar um centavo.

Você também não precisa usar todos os métodos e pode adicionar o seu. Basta ser criativo, e você terá sucesso.

Nnamdi Okeke

Nnamdi Okeke

Nnamdi Okeke é um entusiasta de computadores que adora ler uma grande variedade de livros. Ele tem preferência por Linux sobre Windows/Mac e tem usado
Ubuntu desde seus primeiros dias. Você pode pegá-lo no twitter via bongotrax

Artigos: 273

Receba materiais tecnológicos

Tendências de tecnologia, tendências de inicialização, análises, renda online, ferramentas da web e marketing uma ou duas vezes por mês

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *