Como ir do marco zero ao próspero proprietário de uma startup

Tentando crescer sua startup do zero para uma startup próspera? Aqui estão dicas de especialistas para fazer exatamente isso.

Começar um negócio é uma jornada interessante, desde que você saiba o que está fazendo. É necessário ter identificado a necessidade que seu produto está suprindo no mercado e quem é seu público-alvo.

Estes são os fatores básicos que todo empreendedor em potencial precisa considerar antes de tentar construir um negócio próspero. inicialização do princípio.

1. Identifique um problema que você deseja resolver para um determinado segmento de clientes

É verdade que a construção de uma startup começa com a busca de soluções para um problema no mercado. No entanto, uma empresa sozinha não pode fornecer todas as respostas, nem uma única startup pode se concentrar em resolver as necessidades de todos.

Portanto, é imperativo que um empreendedor simplifique o total de clientes disponíveis em segmentos de mercado e selecione o grupo específico para o qual sua empresa se concentrará em produzir. Além disso, existem tantas necessidades no mercado, então tentar jogar Superhuman resolvendo todas as necessidades só fará com que seu negócio fique sem direção.

Antes de iniciar qualquer negócio, você precisa se sentar e determinar as respostas para as seguintes perguntas:

Quem são meus clientes-alvo?

Estou segmentando os usuários certos para meu produto ou serviço?

Qual é o problema enfrentado pelo meu público-alvo que eu quero resolver?

O que meus clientes ganharão ao usar meu produto ou serviço?

2. Valide sua solução com o mercado

O estudo de mercado e uma extensa pesquisa são muito importantes para saber se o problema que você identificou é de fato um problema enfrentado por pessoas reais.

Além disso, qual porcentagem de pessoas está disposta a pagar pela solução. Qual é o padrão de compra deles? Faixa de renda? A participação total endereçável é grande o suficiente para manter seu negócio lucrativo, considerando os custos? Qual é a análise da concorrência média?

Essas e muitas outras perguntas serão respondidas quando você realizar uma pesquisa adequada do segmento de mercado que deseja atender. Claro, existem soluções impopulares que apenas algumas pessoas precisam, tais empresas não exigem um grande tamanho de mercado. Seu produto só precisa preencher uma necessidade tangível no mercado para ter sucesso.

3. Defina o que diferencia sua startup da concorrência

Sua proposta de valor exclusiva é a vantagem competitiva que sua startup tem sobre outras empresas do mesmo campo. É o que faz você se destacar da multidão. Seu UVP pode ser qualquer coisa, desde a incorporação de novas tecnologias até recursos exclusivos de produtos e relacionamento com o cliente.

Definitivamente, haverá uma concorrência acirrada de outras empresas que oferecem produtos ou serviços semelhantes aos seus, a maioria delas são líderes de mercado que controlam a maior parte da participação de mercado. Portanto, como proprietário de uma startup prudente, você precisa antecipar essa reação e definir o que torna sua startup única.

 Que novo valor você está trazendo para a vida das pessoas?

 Por que os investidores devem apostar no crescimento da sua empresa?

Por que seus clientes devem comprar de você em vez de seus concorrentes?

4. Desenvolva seu modelo de negócios

Um modelo de negócios é simplesmente como você planeja ganhar dinheiro desde sua inicialização. Isso gira em torno da estrutura de preços de seus bens e serviços.

Seu público-alvo pode comprar confortavelmente de você? Qual é o preço máximo e o preço mínimo de seus produtos em relação aos custos totais? Você vai ter lucro se cobrar um valor específico?  

5. Vá lá e tome medidas massivas

  • Trabalhe com um plano de negócios viável: Também chamado de mapa de negócios, um plano de negócios mostra quais etapas você deve seguir para realizar suas projeções de negócios para o futuro próximo.

    Começar um negócio sem um plano de negócios é como fazer uma longa viagem sem mapa e sem GPS. Você pode se perder antes mesmo de perceber. Você precisa de um plano de negócios viável em sua jornada para construir uma empresa de sucesso porque expressa claramente seus objetivos ao lado de um caminho claro para alcançá-los ao longo do tempo.
  • Construa uma equipe sólida: Para construir uma startup próspera, você precisa se cercar de pessoas dedicadas, comprometidas e focadas em impacto. As pessoas certas construirão a empresa porque compartilham sua visão e paixão.

    Tome cuidado para contratar pessoas de caráter, integridade e comportamento transparente. Você também pode adotar o trabalho remoto e contratar talentos globais para aumentar a diversidade de talentos. Empregue pessoas que são ótimas no que você é péssimo. Se você é bom em codificação, mas péssimo em lidar com vendas ou fazer acompanhamento de marketing, ao contratar, procure vendedores qualificados que complementarão sua fraqueza e tornarão a equipe equilibrada.
  • Construa seu MVP: O conceito de um produto mínimo viável é o menor conjunto de recursos do produto que você precisa ter antes de iniciar a operação. É como amostrar seu produto com os recursos mínimos para que possa ser usado para testar o mercado, mostrar um produto para investidores, calcular custos e dados de uso ou simplesmente ilustrar como é o produto final.

    Um exemplo poderia ser um design de interface do usuário de um aplicativo para uma loja de entrega de comida móvel. Um MVP não é o original, mas feito para parecer o produto final com apenas os recursos menos operacionais. 
  • Invista em um site oficial: um site serve como uma importante ferramenta de branding, especialmente para novas startups. Esta é a era dos negócios na Internet e das empresas on-line, então sim, você absolutamente precisa de um site oficial, entre outras coisas, para construir uma marca escalável.

    Seu site deve conter informações valiosas sobre o que você faz, por que faz e para quem. Além disso, compartilhe seus valores fundamentais e princípios orientadores como empresa, bem como suas informações de contato e outras plataformas de mídia nas quais você pode ser contatado.
  • Selecione estratégias de marketing que irão vendê-lo ao seu mercado-alvo: Depois de destacar seu mercado-alvo como uma startup, seu próximo foco deve ser como fazer com que eles comprem de você. Se sua avaliação de mercado estiver correta, isso não será nada difícil. 

As estratégias de marketing são todos os esforços combinados para tornar seu produto conhecido, apreciado e confiável por clientes em potencial. Às vezes, você pode ter que realizar um pequeno experimento para saber qual estratégia funciona melhor. A melhor estratégia de marketing é o sistema que traz mais tráfego para seu produto ou serviço. Quando você encontra a estratégia mais eficaz, seu trabalho é colocar a maioria dos recursos disponíveis na validação do sistema. 

6. Ganhe tração tangível e entre em contato com investidores para obter financiamento

As startups de tecnologia precisam de muito financiamento para poder crescer, expandir e escalar em grandes empresas. Como novo proprietário de uma startup, você precisa de todo o financiamento possível para impulsionar seu negócio.

Não importa o estágio em que sua empresa esteja, você ainda pode entrar em contato com Investidores anjos e Empresas de capital de risco para capital investimento, o que geralmente ocorre em troca de uma pequena participação acionária. Investidores anjos financiam principalmente startups em estágio de ideia, enquanto as empresas de capital de risco geralmente financiam empresas em estágio de crescimento (com algumas exceções), mas seu investimento é maior do que o dos anjos devido ao menor risco associado. 

Além do financiamento, essas empresas também oferecem outros benefícios, como ciclos de orientação próximos, acesso a comunidades de empreendedores, rede de velocidade, experiência no setor e suporte técnico, para as startups aproveitarem.

Existem outras oportunidades de crescimento e financiamento que novos proprietários de startups também podem aproveitar, como programas de aceleração de negócios, programas de incubadora, crowdfunding campanhas, subsídios comerciais, empréstimos bancários e crédito empresarial e muitas outras opções disponíveis.

Joy Gabriel

Joy Gabriel

Joy é apaixonada por ajudar startups e empresas a crescerem em todo o seu potencial por meio de seus escritos. Estrategista de negócios e especialista em finanças, ela entende o que significa estar no espaço empreendedor. Ela adora cozinhar e cantar quando não está trabalhando.
Você pode se conectar com ela através LinkedIn.

Artigos: 20

Receba materiais tecnológicos

Tendências de tecnologia, tendências de inicialização, análises, renda online, ferramentas da web e marketing uma ou duas vezes por mês

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *