Como se tornar um comerciante afiliado

Olhando para se tornar um comerciante afiliado para ajudar a aumentar sua renda online? Aqui está tudo o que você precisa saber.

O marketing de afiliados é uma das formas mais populares de ganhar dinheiro na Internet, e há boas razões para isso.

Ser um comerciante afiliado significa simplesmente ajudar alguém a vender um produto ou serviço e ser pago por sua ajuda. Isso é tudo.

Um bom comerciante de afiliados sabe onde encontrar os clientes em potencial para qualquer comerciante e como direcionar esses clientes para as ofertas do comerciante.

Se você já ouviu falar o suficiente sobre marketing de afiliados e finalmente quer dar o primeiro passo no negócio, então este guia será de grande ajuda para você.

O que é marketing de afiliados

O marketing de afiliados na Internet é um método de venda de bens e serviços, permitindo que diferentes sites encaminhem clientes para comerciantes participantes, que então compensam os afiliados com uma comissão.

O marketing de afiliados é um negócio de compartilhamento de receita baseado em desempenho, e isso significa que o comerciante ou anunciante paga ao afiliado ou editor dependendo de quantos clientes seus esforços trazem.

O comerciante é dono do produto e pode ser uma pessoa ou uma empresa. Da mesma forma, o afiliado pode ser uma pessoa ou uma empresa, mas sua remuneração é limitada apenas aos clientes que convertem.

Uma conversão aqui significa quando o cliente indicado realiza uma ação pré-determinada no site do comerciante. Isso pode variar desde a compra de um produto até o download de um software, a inserção de um endereço de e-mail e assim por diante.

Vantagens e desvantagens do marketing de afiliados

O marketing de afiliados oferece muitas vantagens, bem como algumas desvantagens. Mas como todo empreendimento, eles podem ou não cair a seu favor.

Aqui estão as principais vantagens do marketing de afiliados

  • Não há necessidade de desenvolver produtos – As redes de afiliados oferecem acesso direto a milhares de anunciantes com milhares de produtos em diferentes categorias. Portanto, não há necessidade de gastar tempo e dinheiro desenvolvendo o seu. Basta começar a fazer campanha e ganhar dinheiro.
  • Flexibilidade – Você não está restrito a nenhum produto ou mesmo nicho. Você está sempre livre para vender o que converte melhor com seu público.
  • Baixo custo e baixo risco – A maior parte do risco comercial no marketing de afiliados é realizada pelo anunciante.
  • Fácil de escalar – Depois de encontrar um grupo demográfico de clientes que pague bem, dimensionar o negócio se torna mais fácil.
  • Renda passiva – A maioria dos métodos de marketing de afiliados gera renda por conta própria, até semanas, meses e até anos.

O método de marketing de afiliados também tem algumas desvantagens para os afiliados e aqui estão as principais:

  • Alta Competição – A maioria dos produtos afiliados de melhor desempenho tem forte concorrência de outros editores. Então, pode ser difícil para um novato romper.
  • Sem controle de programas – O anunciante controla tudo sobre seus produtos e pode até desligar a qualquer momento.
  • Sem garantia de vendas – O marketing de afiliados ainda é um empreendimento. Então, depois de todos os seus esforços para promover uma oferta, você ainda pode não receber uma comissão.

Quanto você pode ganhar com o marketing de afiliados?

Em termos simples, você pode ganhar de US $ 0 a milhões de dólares por ano. O marketing de afiliados é um mercado aberto e isso significa que você recebe o que investe.

Seus ganhos dependerão de quão bom você é em marketing, há quanto tempo faz isso e dos produtos que está promovendo.

Se você está apenas começando, não pode se comparar a um profissional de marketing com uma lista de discussão de 40 mil assinantes ou outro com um site de nicho que recebe mais de 50 mil visitantes por mês.

A boa notícia, no entanto, é que, se você estiver disposto a trabalhar, terá o potencial de transformá-lo em um negócio de 5 ou 6 dígitos no futuro.

Métodos de compensação

Os programas de afiliados usam métodos diferentes para rastrear e pagar seus editores, e isso geralmente depende do tipo de serviço ou produto oferecido.

Aqui estão os tipos mais populares de métodos de compensação de afiliados:

  • Pagamento por venda (PPS) – A maioria dos programas de afiliados usa esse método. Pay Per Sale significa simplesmente que o comerciante pagará ao afiliado uma quantia fixa ou porcentagem do preço de um produto quando um cliente comprar um item usando o link do afiliado. Um exemplo é o programa de afiliados da Amazon Associates.
  • Pagamento por ação (PPA) – Como o nome sugere, o afiliado é pago quando o cliente realiza uma ação especificada no site do comerciante. Essas ações podem incluir a inscrição em uma lista de discussão, o registro de uma inscrição ou a aceitação de participar de alguns outros programas.
  • Pagamento por instalação (PPI) – Este método é usado principalmente por editores de software. O cliente deve baixar e instalar o software para que a transação seja contabilizada.

Como funciona o marketing de afiliados na Internet

Os programas de referência e participação nos lucros já existiam muito antes. Mas, graças à Internet, aos cookies e aos referenciadores HTTP, as redes de afiliados online podem rastrear o envolvimento dos visitantes dos sites dos editores aos anunciantes com mais precisão do que nunca.

Enquanto a rede de afiliados conecta anunciantes com editores, cada editor recebe as melhores ferramentas para facilitar seu trabalho. Por exemplo, um link de afiliado gerado automaticamente conterá todas as informações necessárias para que a rede de afiliados rastreie adequadamente as conversões de visitantes. Tudo o que o editor precisa fazer é adicioná-lo como um link para seu site.

Embora os sistemas possam variar, o rastreamento geralmente funciona assim (no mínimo):

  1. O visitante clica em um link no site do afiliado (do editor). Isso envia dados para a rede afiliada e retorna um novo endereço para o qual o navegador é redirecionado automaticamente.
  2. O visitante agora se encontra no site do comerciante (anunciante). Seu navegador inclui um código da rede de afiliados que informa ao comerciante quem é o afiliado de referência.
  3. Se o visitante concluir a tarefa esperada, o comerciante obrigado página ou algo semelhante conterá uma função de retorno de chamada que informa à rede de afiliados que o visitante de um afiliado específico converteu.
  4. A rede de afiliados agora creditará ao editor (afiliado) a comissão acordada.

Como se tornar um comerciante afiliado

Aqui está um guia passo a passo que você pode seguir para se tornar um profissional de marketing de afiliados sólido:

1. Escolha um nicho

Seu primeiro passo é decidir no que focar. Existem milhares de nichos de mercado por aí, mas é melhor focar em algo que você ama ou tem interesse.

2. Pesquise seu(s) produto(s)

Você quer saber o quão populares são os produtos do seu nicho e quantos outros profissionais de marketing os estão promovendo. Você pode usar ferramentas como Google Trends e o Keyword Planner para avaliar a demanda de um produto e encontrar suas palavras-chave relacionadas. Outras ferramentas incluem Rastreador de classificação, Palavra-chave Mágicae Pesquisa de palavras-chave da Moz. Redes como Clickbank também integram ferramentas de pesquisa.

3. Crie um site

Depois de ter uma ideia de como é o nicho escolhido, seu próximo passo é construir uma presença na web. UMA Blog WordPress é o caminho mais rápido aqui.

4. Construa seu público

Você quer se concentrar no desenvolvimento do seu site primeiro. Portanto, crie e publique um ótimo conteúdo para ajudar a promover seu trabalho. Embora você possa comprar anúncios PPC para direcionar o tráfego para seu site, é melhor começar com o marketing de conteúdo.

Produza conteúdo útil que agregue valor ao seu público, responda perguntas, crie listas dos principais produtos, ofereça soluções, revise serviços e assim por diante. A monetização deve acontecer quando você tiver construído um tráfego considerável.

Você também pode gostar: Como direcionar o tráfego para o seu blog

5. Registre-se em uma rede

Uma vez que seu site está indo bem e tem boas estatísticas de tráfego, então é hora de se registrar em uma rede de afiliados. Tenha em mente que um site impressionante garantirá aceitação na maioria das redes. (Veja a lista das principais redes abaixo)

6. Obtenha o link de afiliado

Diferentes plataformas têm suas maneiras de fazer isso. Você precisa do seu link de afiliado que aponta para o produto que deseja promover, além de incluir seu identificador como afiliado.

7. Faça um post com seu link de afiliado

Depois de ter seu link, agora você pode fazer uma nova postagem em seu site para promover esse produto. A maioria dos profissionais de marketing simplesmente analisa o produto, mas você também pode compará-lo com produtos semelhantes ou adicionar outras coisas úteis.

8. Promova suas postagens

Depois que sua postagem com o link de afiliado for publicada, você poderá promovê-la. Alguns favoritos e compartilhamentos sociais, postagens em fóruns e links para discussões on-line sobre o mesmo tópico são um bom começo.

9. Enxágüe e Repita

Dependendo do seu nicho, você pode adicionar mais produtos e postagens de afiliados ao site ou passar para outro site. Enxague e repita.

Tipos de sites afiliados

Você pode administrar um negócio de afiliados on-line usando diferentes métodos, desde autopromoção nas mídias sociais até grandes sites. Aqui estão os tipos mais populares de sites afiliados que você encontrará por aí:

  • Blogs – Este é um método popular. Faça um blog sobre produtos relacionados e inclua seus links de afiliados nas avaliações.
  • Redes sociais – Influenciadores com muitos seguidores podem promover produtos usando seus links de afiliados.
  • Comparação de preços – Velha escola, mas ainda relevante. Bom para quem precisa dos preços mais baratos.
  • Listas de e-mail – Aqueles com grandes listas de e-mail podem promover produtos afiliados úteis para seus assinantes.
  • Sites de vídeo – Os profissionais de marketing de afiliados também podem criar vídeos sobre produtos específicos e incluir seus links.
  • Sites pessoais - Autoexplicativo.
  • Sites de cupons e descontos - Autoexplicativo.

Lista de redes de afiliados

Existem muitas redes de afiliados com as quais você pode trabalhar, algumas são ótimas, outras não. Aqui, no entanto, estão os principais nomes:

Glossário de termos de marketing de afiliados

  • Comissão – A quantidade de dinheiro que um comerciante pagará a qualquer afiliado por uma referência. Pode ser uma soma fixa ou uma porcentagem do preço do produto.
  • Visitantes – Estas são as pessoas que chegam ao seu site.
  • CTR – A taxa de cliques é uma medida de quantos visitantes do site visualizam uma mensagem de marketing específica com quantos deles clicam no link.
  • Taxa de Conversão – A porcentagem de visitantes que concluem uma ação necessária em um site, como inserir um endereço de e-mail ou comprar um produto.
  • CPM – Custo por mil impressões. Isso se refere a quanto é pago pela exibição de 1,000 impressões de uma mensagem ou anúncio específico.
  • Rastreamento – Um meio técnico de seguir um cliente de um site para outro para garantir que as transações sejam acertadas com precisão entre anunciantes e editores.
  • Link afiliado – Um URL (endereço do site) do comerciante que inclui um produto ou serviço específico, além de um ID que identifica o afiliado que indica o visitante.
  • Consumidor – O visitante do seu site.
  • Publisher – Os comerciantes afiliados também são chamados de editores por algumas redes afiliadas.
  • Anunciante – O comerciante ou proprietário do produto que está tentando vender seus produtos por meio de uma rede de afiliados.
  • PPC – Pay Per Click, o valor pago cada vez que um visitante clica em um anúncio. É usado principalmente por redes de anúncios.
  • CPA – Custo por ação, o valor total em dólares para levar um visitante a realizar uma ação em um site.
  • CPL – Custo por lead, o valor total em dólares para obter um lead qualificado. Observe que, embora um visitante possa preencher um formulário e se qualificar para o CPA, o visitante precisará estar mais interessado na oferta e um cliente em potencial para ser chamado de lead.

Conclusão

Chegamos ao final deste post sobre como se tornar um afiliado e, como você pode imaginar, há muito trabalho a ser feito. No entanto, as recompensas potenciais também são enormes.

Este guia mostrou um método básico, mas sólido, para criar e expandir um negócio de afiliados online. Mas lembre-se de que você é livre para ser criativo, ajustar as etapas, adicionar alguns extras e construir algo único e muito lucrativo.

Imagem padrão

Nnamdi Okeke

Nnamdi Okeke é um entusiasta de computadores que adora ler uma grande variedade de livros. Ele tem preferência por Linux sobre Windows/Mac e tem usado
Ubuntu desde seus primeiros dias. Você pode pegá-lo no twitter via bongotrax

Artigos: 170

Receba materiais tecnológicos

Tendências de tecnologia, tendências de inicialização, análises, renda online, ferramentas da web e marketing uma ou duas vezes por mês

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.