10 melhores estruturas CSS para desenvolvedores e designers em 2024

Dividido entre os diferentes frameworks CSS existentes e não tem certeza de qual escolher? Confira esta revisão das 10 principais soluções

Os frameworks CSS tornam o trabalho de estilizar sites infinitamente mais fácil para desenvolvedores e designers. Eles oferecem definições de estilo testadas e sólidas que são fáceis de reutilizar.

Uma boa estrutura CSS também ajuda o seu site a ser exibido de forma bonita nos diferentes navegadores e dispositivos existentes. Esse processo é chamado de web design responsivo e é especialmente importante para a navegação móvel.

Diferentes frameworks CSS abordam suas tarefas de maneiras diferentes. Muitos usam HTML e CSS puros, enquanto outros incluem JavaScript e até frameworks JavaScript especializados.

Este post analisa os principais frameworks CSS para designers e desenvolvedores. Ele também analisa seus pontos fortes e fracos para ajudá-lo a tomar a decisão certa de desenvolvimento.

Os 10 principais frameworks CSS

NomeDestaquesSite
BootstrapDesenvolvimento popular, gratuito e ativogetbootstrap. com
TailwindFlexível, fácil de usar, poderosotailwindcss. com
FoundationCódigo elegante, componentes de interface do usuárioobter.fundação
W3.CSSModelos simples, concisos e rápidosw3schools.com/w3css
BulmaFácil, poderoso, muitos componentesbulma.io
miligramaMinimalista, apenas 2kbmiligrama.io
UI KitLeve, modular, jQuerygetuikit. com
EsqueletoSimples, fácil, responsivogetskeleton. com
IU de materialBaseado em React & Material Designmui.com
UI semânticaRecursos extensivos, belos designssemântico-ui.com

1. Inicialização

Pontos Fortes: Popular, muitos componentes, grande comunidade

Fraquezas: Combina JavaScript, muitas classes para aprender

Website: getbootstrap. com

Bootstrap é o framework CSS mais popular, com milhões de desenvolvedores usando-o regularmente. Ele permite que você crie e personalize sites rapidamente, usando uma extensa biblioteca de componentes.

Essa estrutura ganhou vida a partir dos desenvolvedores do Twitter. E além de fornecer componentes visuais prontos para uso, como divs, caixas e navegação. Ele também vem com funcionalidade JavaScript para formulários, botões, animações e assim por diante.

A versão atual é 5.1.3 e inclui todos os recursos modernos, como variáveis ​​e mixin Sass, a biblioteca SVG Bootstrap Icons, suporte a jsDelivr e uma extensa biblioteca de temas.

A força do Bootstrap também contribui para sua fraqueza. E essa é a disponibilidade de tantas classes e componentes que os novos desenvolvedores precisarão de algum tempo para aprender. Há tantos nomes e conceitos para aprender, pode-se facilmente ficar sobrecarregado.

Em segundo lugar, você pode usar os modelos padrão principalmente como eles vêm. E isso reduz a criatividade, levando a maioria dos sites Bootstrap a parecerem semelhantes.

No entanto, se você estiver procurando por uma única estrutura de front-end para acelerar seu design da web e que venha com tudo o que você precisa para aparência e funcionalidade, não há como errar com o Bootstrap.

2. Tailwind

Pontos Fortes: Liberdade de design, originalidade

Fraquezas: Faltam componentes e interfaces de usuário pré-fabricadas

Website: tailwindcss. com

Onde o Bootstrap exige que você siga convenções pré-estabelecidas, o Tailwind oferece a liberdade de projetar seu projeto da maneira que você achar melhor.

O objetivo aqui é uma linguagem de estilo rápida e fácil de usar que seja o mais próximo possível do CSS original. Isso significa que você pode simplesmente inserir suas definições do Tailwind diretamente em seu HTML sem muita distração.

Você só precisa entender como o Tailwind está estruturado e, ao projetar seus componentes HTML, basta inserir os nomes de classe corretos para obter o que deseja. Esses nomes de classe são tão intuitivos, fáceis de aprender e flexíveis.

A estrutura é mobile-first, responsiva e remove automaticamente todo CSS não utilizado durante a compilação de produção. Então, você fica com um arquivo CSS pequeno, mas poderoso.

Uma desvantagem com o Tailwind, porém, é que, ao contrário do Bootstrap, você não obtém componentes pré-construídos que você pode simplesmente copiar seus códigos e colar. Mas se seu objetivo é criar sites personalizados que se destacam e são responsivos, o Tailwind CSS pode ser para você.

3. Fundação

Pontos Fortes: Código elegante, componentes de interface do usuário, animações

Fraquezas: Não é adequado para iniciantes

Website: obter.fundação

A estrutura Foundation combina a elegância do Tailwind com os extensos componentes de interface do usuário do Bootstraps para criar uma estrutura fácil de usar, mas ainda assim altamente personalizável.

Desenvolvido por ZURB em 2011, a Foundation também oferece ferramentas para designs de e-mail responsivos. Ele suporta Sass, plugins, navegações, tipografia, controles, contêineres e JavaScript com JQuery.

Existem também modelos básicos para iniciantes e usos experientes. Além disso, você pode obter a certificação da equipe ZURB, e muitas grandes marcas usam o Foundation para seus sites.

Mas embora essa estrutura forneça flexibilidade e liberdade para fazer o que você deseja, apoiada por muitos componentes de interface do usuário, você deve observar que ela não é particularmente amigável para iniciantes.

4. W3.CSS

Pontos Fortes: Modelos simples, concisos e elegantes

Fraquezas: Nenhum componente

Website: w3schools.com/w3css

Desenvolvedores minimalistas e experientes irão apreciar o design simples, porém eficiente e elegante do W3.CSS, a estrutura gratuita do adorável site de tutoriais para desenvolvedores W3Schools.

Este framework é conciso, direto ao ponto, moderno e puramente baseado em CSS. Não há vinculações de JavaScript, nenhum mantra de práticas recomendadas e nenhuma convenção complexa a ser lembrada.

Embora o framework W3.CSS seja fácil de aprender para iniciantes, desenvolvedores experientes com sólidos conhecimentos de HTML e CSS também irão apreciá-lo. Como ajuda você a fazer sua 'coisa' sem atrapalhar.

A estrutura abrange tudo, desde cores a caixas, efeitos de foco, contêineres, design responsivo, menus suspensos e assim por diante. O único problema é que você deve conhecer seu JavaScript se quiser funcionalidades extras. Mas a boa notícia é que você pode usar qualquer sabor JS de sua escolha – de vanilla a bibliotecas modernas como React.

5. Encontrando

Pontos Fortes: Fácil, muitos componentes, extenso

Website: bulma.io

Se você gosta de Bootstrap, mas gostaria que houvesse menos convenções e nomes de classes para memorizar, então talvez você devesse dar uma olhada no Bulma.

Embora ainda relativamente novo e na versão 0.9.3, Bulma realmente compete com outros frameworks CSS. É responsivo, vem com paginação, cartões, barra de navegação e outros componentes. Também inclui elementos menores, como caixa, botão, exclusão, notificação e assim por diante.

Existem elementos de formulário e elementos de layout, como rodapé, blocos e contêiner. Mas onde Bulma brilha é sua sintaxe de classe. Tudo é tão simples, tão natural e fácil de lembrar.

Bulma também suporta Sass, Font Awesome 5, e é indiscutivelmente tão fácil de aprender que você pode aprender a sintaxe em apenas alguns minutos. O framework é o trabalho do usuário do Twitter @jgthms.

6. Miligrama

Pontos Fortes: Abordagem minimalista, apenas 2kb gzipado

Fraquezas: Faltam componentes extensos

Website: miligrama.io

Os desenvolvedores que desejam otimizar seu site ou aplicativo para velocidade e desempenho devem manter tudo no mínimo. E é aí que entra o miligrama.

O miligrama tem apenas 2kb de tamanho e é compactado com gzip. Isso contrasta com a maioria dos outros frameworks CSS que têm 20kb ou mais, em média. E o torna um bom candidato para criar páginas super-rápidas.

A estrutura é mobile-first e responsiva. Ele apresenta uma grade de caixa flexível, listas, botões, dicas, realces e assim por diante. Além disso, é testado e funciona perfeitamente em todos os navegadores populares.

Embora o Milligram não tenha os sinos e assobios das estruturas mais elegantes. Ele faz tudo em velocidade e eficiência.

7. UI Kit

Pontos Fortes: Suporte gratuito, modular, jQuery, LESS & Sass

Fraquezas: Dependente de JavaScript

Website: getuikit. com

UIKit é uma estrutura CSS gratuita e de código aberto que integra jQuery para JavaScript e LESS e Sass para codificação CSS extensível.

A estrutura é responsiva, com uma abordagem mobile-first. Ele também vem com muitos componentes que são fáceis de personalizar de acordo com suas necessidades.

Esses componentes incluem tudo, desde controles deslizantes a listas classificáveis, adesivos, acordeões, texto, animação, comentários, listas suspensas e assim por diante. Todos os navegadores populares também são suportados, e isso inclui as versões mais recentes para a maioria.

Você deve observar que o UIKit depende em grande parte do JavaScript. Portanto, se você estiver procurando por uma estrutura menos dependente de JavaScript, talvez não seja para você.

8. Esqueleto

Pontos Fortes: Leve, simples

Fraquezas: Não é ideal para grandes projetos

Website: getskeleton. com

Se você precisa de uma estrutura CSS simples e leve com a qual possa trabalhar imediatamente em pequenos projetos, o Skeleton pode ser uma opção para você.

Não há coisas extravagantes. Apenas um estilo básico para elementos HTML centrais que são igualmente responsivos. Ele vem com uma grade de 12 colunas, tamanhos diferentes para tipografia, botões, formulários e listas.

Observe que o objetivo aqui não é criar sites incríveis ou bonitos. Em vez disso, é uma base CSS simples com a qual você pode começar a trabalhar facilmente.

9. MUI/IU de material

Pontos Fortes: Baseado em React & Material Design

Fraquezas: Precisa de conhecimento de ReactJS e JSX

Website: mui.com

Essa estrutura é baseada nos princípios do Material Design do Google e fornece um sistema para os desenvolvedores do ReactJS criarem rapidamente projetos da Web em pouco tempo.

Possui uma extensa biblioteca de componentes ReactJS que estão prontos para produção. Tudo o que você precisa fazer é inicializar e pronto. Além dos componentes principais gratuitos, o Material UI também oferece modelos, kits de design e componentes avançados por um preço.

A versão gratuita da comunidade é de código aberto e licenciada pelo MIT. Ele é chamado MUI Core e inclui @mui/base com componentes básicos sem estilo e ganchos de reação, @mui/material para componentes que seguem os princípios do Material Design e @mui/system para layouts de design personalizados rápidos.

O MUI é mobile-first, vem com extensa documentação e atualmente vê mais de 2 milhões de downloads npm semanais.

10. IU semântica

Pontos Fortes: Recursos extensivos, estrutura de design bonita

Website: semântico-ui.com

Para aqueles que desejam construir belos sites com estilos únicos e atraentes, a Semantic UI pode ser a estrutura que você está procurando.

Ele vem com mais de 3,000 variáveis ​​de tema, mais de 50 componentes de interface do usuário e uma abordagem de design que facilita a criação de páginas incríveis.

A semântica apresenta elementos como um contêiner, botão, cabeçalho, imagem e assim por diante. Ele também apresenta coleções como menus, migalhas de pão e tabelas. Depois, existem módulos como acordeões, menus suspensos, barras de progresso e assim por diante.

A estrutura também oferece visualizações como cartões, anúncios e estatísticas. Além de comportamentos como manipulação de API, validação de formulário e problemas de visibilidade, como imagens preguiçosas, rolagem infinita e cabeçalhos fixos.

Conclusão

Chegamos ao final desta lista dos 10 principais frameworks CSS para desenvolvedores e designers. E como você pode ver, há algo para cada tipo.

Embora o Bootstrap continue sendo a opção mais popular para a maioria dos desenvolvedores, sua escolha pessoal pode depender do seu projeto e dos objetivos de desenvolvimento. Então, a escolha é sua.

Recursos adicionais:

10 melhores geradores de paleta de cores

Como remover CSS e JS não utilizados no WordPress

Nnamdi Okeke

Nnamdi Okeke

Nnamdi Okeke é um entusiasta de computadores que adora ler uma grande variedade de livros. Ele tem preferência por Linux sobre Windows/Mac e tem usado
Ubuntu desde seus primeiros dias. Você pode pegá-lo no twitter via bongotrax

Artigos: 278

Receba materiais tecnológicos

Tendências de tecnologia, tendências de inicialização, análises, renda online, ferramentas da web e marketing uma ou duas vezes por mês

3 Comentários

  1. Olá, dê uma olhada no framework CSS e kit de UI https://agilecss.com, ele fornece alguns recursos exclusivos não disponíveis em outros frameworks, por exemplo, todos os elementos de UI comumente usados ​​​​sem JavaScript.

  2. Lista incrível Nnamdi Okeke! Também quero recomendar BeerCSS. A primeira estrutura CSS que implementa o Material Design 3. https://www.beercss.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *