Golpes de criptografia: como identificá-los e evitá-los

O mundo financeiro e cripto, em particular, está cheio de vigaristas e vigaristas caçando suas próximas vítimas. Este guia mostra como identificar e evitar seus vários golpes.

Golpes de criptografia são qualquer atividade fraudulenta associada a criptomoedas. Eles geralmente são direcionados a novos usuários de criptografia, embora pessoas mais experientes também sejam vítimas.

A expansão da Internet trouxe a expansão do crime online. Assim, embora os golpes não sejam novidade, a World Wide Web cria novos caminhos para os golpistas exercerem seu ofício.

Chainalysis relata, por exemplo, que as transações ilícitas de criptomoedas em 2021 atingiram US$ 14 bilhões, o que é igualmente um novo recorde para receitas de crimes online. O único problema com a criptografia é que você tem meios limitados de recuperar sua perda.

Cabe a você, portanto, conhecer os golpes de criptografia mais populares e aprender como evitá-los também. Este post ajuda você com isso listando os principais métodos disponíveis.

Dicas para evitar fraudes criptográficas

Embora diferentes golpes de criptografia exijam soluções ou abordagens diferentes para evitá-los, existem alguns truques básicos que todos devem saber para evitar ser vítima de golpes. Aqui está uma lista rápida:

  • Você nunca deve compartilhar suas chaves privadas ou qualquer código destinado a ser privado com ninguém. Isso é, a menos que eles tenham uma arma apontada para sua cabeça. Caso contrário, qualquer pessoa que solicite qualquer informação ou código de você provavelmente é um ladrão.
  • Também não envie moedas criptográficas para ninguém com promessas de trabalho, ganhos, dinheiro grátis ou que afirme ser do governo.
  • Sempre verifique se você está se conectando https:// e não http:// para sua segurança
  • Verifique sempre se não há erros de ortografia no endereço do site.
  • Sempre habilite a autenticação multifator para suas contas para ajudar a evitar roubo.
  • Fuja de sites que têm gramática ruim, levantam uma bandeira vermelha de alguma forma ou que você simplesmente não gosta.
  • Sempre que você estiver prestes a fazer um pagamento criptográfico sob pressão. Pare e considere se você pode se arrepender de suas ações mais tarde.

Aqui estão os tipos mais comuns de golpes de criptografia na internet:

1. ICOs falsos

A ICO ou Oferta Inicial de Moedas é um dos mais novos conceitos para atingir os mundos criptográfico e financeiro. E cunhou muitos novos milionários e até bilionários. Portanto, há uma boa razão pela qual todos querem entrar em ação.

O problema, no entanto, é que os golpistas também estão cientes dos desejos das pessoas comuns de se tornarem milionários de criptomoedas, e é assim que tudo começa.

Um golpe falso de ICO geralmente anunciará uma próxima ICO via mídia social e pedirá que você aja o mais rápido possível, porque é a próxima grande novidade desde Cardano. Eles também podem declarar fatos, mas todos os seus números são geralmente sem sentido e não se sustentam.

Detectar uma ICO falsa é simples; execute uma verificação de antecedentes na moeda ou pergunte a um especialista em criptografia.

2. Aplicativos e sites falsos

Alguns golpistas se apresentam como exchanges de criptomoedas que oferecem muitas recompensas atraentes. Outros podem se oferecer para ajudá-lo a investir suas moedas para obter retornos de dar água na boca ou simplesmente fazer você acreditar que está usando um serviço respeitável.

Sites falsos também estão lá para coletar suas informações de login, um método também conhecido como phishing. Depois de fazer login no site falso, o golpista tem todos os seus dados e pode usá-los para assumir o controle da sua conta.

Com trocas e outros serviços, o objetivo é fazer com que você desista de seus fundos o mais rápido possível. Então, uma vez que você fizer isso, será tarde demais.

Para identificar e evitar aplicativos e sites falsos, você precisa ficar de olho no nome do serviço para garantir que não seja uma cópia falsa de uma empresa genuína. Além disso, faça alguma pesquisa antes de se inscrever em qualquer novo serviço ou baixar o aplicativo. A melhor medida, no entanto, é ir com marcas estabelecidas.

3. Golpes tradicionais

Eles são como golpes tradicionais da Internet, mas com um toque de criptografia para tornar tudo novo e interessante. Eles variam de golpes de romance a esquemas de mercado, phishing, emprego e Ponzi.

Aqui está um resumo de cada tipo:

  • Romance – Você é solteiro, então entra na internet e conhece um novo amante muito interessante. Ele ganha muito dinheiro com os mercados financeiros e vive bem. Ele sempre falará sobre essa nova moeda que certamente fará de vocês dois bazzilionares. Finalmente, ele se oferece para ajudá-lo a investir ou você decide dar a ele suas economias por conta própria.
  • Marketplace – Tradicionalmente, você compra algo pela Internet e recebe instruções de pagamento. Só que o vendedor desaparece após receber seu pagamento. É o mesmo com golpes de criptomoeda, exceto que você paga com criptomoeda.
  • Emprego – Este é outro velho. Se você pode ler de A a Z e contar de 1 a 20, então você está qualificado para este novo trabalho que pode lhe render até US $ 5 milhões todos os meses. Basta verificar Andrew, ele está ganhando mais do que isso e vivendo a vida na Internet. Tudo o que você precisa fazer é comprar “este pacote” por US$ 399 e você está a caminho de se tornar um milionário da Internet. Pegue?
  • Phishing – Aqui, o golpista tenta obter suas informações privadas. Por exemplo, acesso à sua carteira, suas chaves e assim por diante. O phishing pode assumir diferentes formas, desde o uso de sites falsos para capturar suas informações, até o envio de e-mails falsos, por meio de ligações telefônicas e qualquer outro meio para obter as informações. Este é um campo vasto e a ciência é chamada de engenharia social.
  • Ponzi - Nomeado em homenagem ao vigarista italiano Charles Ponzi, um esquema Ponzi permite que você invista dinheiro em um negócio supostamente lucrativo. Mas o problema é que não há negócios. Primeiro, o gerente do esquema usará seu investimento para pagar investidores mais antigos e usará os investimentos de investidores mais novos para pagar a você. Claro, eles estarão vivendo muito com os rendimentos durante todo esse tempo, mas o esquema eventualmente falha. Então, sempre faça sua pesquisa primeiro.

4. Bomba e despejo

A Golpe de bomba e despejo tem suas origens nos mercados financeiros e é proibido por muitas bolsas. Sua mecânica é simples – um grupo de especuladores fraudulentos se concentra em um título específico e continua comprando-o agressivamente durante um período.

O resultado é um aumento constante no preço desse título que outros especuladores percebem e decidem participar do passeio. É quando a fraude acontece, pois os especuladores originais vendem tudo o que estavam comprando. Em outras palavras, eles despejam os títulos nos novos entrantes.

O Pump & Dump funciona da mesma maneira com criptomoedas. Um bando de bandidos tem como alvo uma moeda com baixo desempenho e lentamente cria um frenesi de compra em torno dela. E uma vez que um investidor esperançoso vê a moeda na lista de 'moedas de tendência', eles automaticamente correm para comprar.

Evitar golpes de Pump & Dump é simples; só faça investimentos que você entende. Se você não sabe por que uma criptomoeda aumenta, também não saberá por que ela cai. Então, sempre faça sua pesquisa.

5. O Puxador do Tapete

Um puxão de tapete criptográfico é exatamente como o nome sugere – os desenvolvedores de cripto de repente abandonam um projeto e desaparecem com os fundos dos investidores. Esse golpe acontece com frequência em exchanges descentralizadas ou no ecossistema DeFi (financiamento descentralizado).

A principal razão por trás dos puxões do tapete de criptografia é que as exchanges descentralizadas permitem que os usuários listem tokens sem um processo de auditoria adequado. E a saída pode ocorrer usando um backdoor no contrato inteligente ou pelo desenvolvedor despejando rapidamente seus ativos.

As trocas de criptografia são centralizadas como Binance e Coinbase, ou podem ser descentralizados como o Exodus. Cada abordagem tem seus prós e contras. Mas para uma melhor regulamentação e para evitar golpes como o Rug Pulls, é melhor ter uma troca centralizada.

6. NFTs maliciosos

Esse golpe é baseado em hackear plataformas de criptografia e foi executado recentemente no sistema OpenSea NFT. O OpenSea é o maior mercado de NFT, registrando até US$ 3.5 bilhões em volume mensal de negociação.

Uma de suas vulnerabilidades de sistema recentemente permitiu que golpistas comprassem o popular Bored Apes NFT por apenas 0.77 ether (US$ 1,760) e os revendessem rapidamente por 84.2 ether (US$ 192,000).

Outra falha de sistema descoberta teria permitido que um invasor limpasse a carteira de um usuário apenas lançando NFTs no ar e fazendo com que o usuário clicasse neles.

7. Tokens que você não pode revender

Que tal comprar uma criptomoeda e depois perceber que não pode revendê-la? Esse golpe também emprega contratos inteligentes. O golpista adiciona uma cláusula no código de que você não pode revender o token.

Então, a gangue do scam começa a comprar suas moedas e seu preço começa a subir. Você e muitos outros podem notar essa nova moeda emergente, então você compra um pouco dela. O problema é que ninguém, exceto os golpistas, pode revender uma moeda depois de comprada. Então isso faz com que seu preço continue subindo.

Evitar esse golpe pode ser complicado se você estiver sempre à procura de novas moedas. A melhor maneira de evitá-lo é ficar longe das criptomoedas recém-lançadas. Outra opção é comprar um pouco no início e tentar revender para ver como as coisas vão.

8. Golpes de Doação de Celebridades

Celebridades costumam se envolver em brindes nas mídias sociais. Mas se a celebridade pedir um pequeno depósito de você, para que você possa se qualificar para o dinheiro grátis que está dando, então é hora de correr.

Este esquema funciona assim: Primeiro, os golpistas invadem uma conta popular. No Twitter, essa pode até ser uma daquelas contas com selos azuis verificados. Em segundo lugar, eles mudam o nome e as fotos na conta para refletir o de uma celebridade conhecida. Então, eles lançam as campanhas.

Para identificar tais golpes, verifique sempre o endereço do perfil da celebridade para confirmar com o original. Em segundo lugar, seja esperto – não há necessidade de pagar primeiro a alguém que queira pagar a você.

9. Golpes de malware

Malware inclui todos os tipos de aplicativos nocivos que são executados em seu computador ou smartphone. O conceito de crime de malware não é novo, mas em vez de direcionar os detalhes do seu cartão de crédito, o malware criptográfico tem como alvo suas carteiras de criptomoedas.

Alguns monitorarão sua área de transferência em busca de endereços de criptografia, enquanto outros podem ser ainda mais traiçoeiros. No final, eles roubarão suas chaves ou trocarão endereços de pagamento criptográfico com o do golpista.

Outro método que vale a pena mencionar, embora não seja puramente uma farsa, é o ransomware. Eles bloqueiam seu dispositivo e exigem um pagamento de resgate em moedas criptográficas.

Conclusão

Chegamos ao final deste post sobre como identificar e evitar golpes de criptomoedas. E você viu os diferentes métodos disponíveis e as melhores abordagens para evitar se tornar uma vítima.

É importante notar que o sucesso do investimento é altamente improvável sem algum risco. Portanto, embora seu capital esteja sempre em risco de uma forma ou de outra, você pode pelo menos se livrar dos golpes.

Nnamdi Okeke

Nnamdi Okeke

Nnamdi Okeke é um entusiasta de computadores que adora ler uma grande variedade de livros. Ele tem preferência por Linux sobre Windows/Mac e tem usado
Ubuntu desde seus primeiros dias. Você pode pegá-lo no twitter via bongotrax

Artigos: 278

Receba materiais tecnológicos

Tendências de tecnologia, tendências de inicialização, análises, renda online, ferramentas da web e marketing uma ou duas vezes por mês

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *