Metodologia Ágil: Significado, vantagens, desvantagens e mais

Sempre quis saber o que é metodologia ágil no desenvolvimento de software? Dê uma olhada aqui para obter os detalhes.

A metodologia ágil é uma desenvolvimento de software filosofia que visa entregar melhor valor aos clientes usando ciclos de desenvolvimento mais curtos e incluindo revisões constantes.

O desenvolvimento de software cresceu a partir dos campos da matemática e da ciência. Então, originalmente incorporou os métodos científicos desses campos.

Esses métodos evoluíram para a abordagem em cascata na década de 1970 para atender aos requisitos do dia. Os computadores e seus softwares naquela época eram grandes, complexos e projetados para durar décadas. Então, o método em cascata foi um bom ajuste.

Mas, no final da década de 1990, a internet estava mudando drasticamente o mundo e uma nova abordagem se tornou necessária. Foi assim que a metodologia ágil ganhou vida.

A seguir, veremos mais de perto esse movimento de desenvolvimento de software e como ele pode ajudar você e sua equipe.

História do método de desenvolvimento ágil

O desenvolvimento de software ágil cresceu a partir da internet e de sua necessidade insaciável de aplicativos durante os anos de expansão dos anos 1990 e início dos anos 2000.

Este também foi um período em que muitos desenvolvedores sem formação em ciência da computação mudaram para o desenvolvimento web devido à enorme necessidade de sites que atendessem a diferentes grupos e indústrias.

Naturalmente, a maior parte startups eram pequenos. Portanto, a maioria dos desenvolvimentos aconteceu em equipes pequenas, sendo o objetivo final muitas vezes um rápido lançamento no mercado. Como chegar atrasado significava perder participação de mercado.

Para combater as restrições impostas pelo modelo em cascata para colocar os produtos no mercado o mais rápido possível, diferentes desenvolvedores criaram métodos diferentes durante a década de 1990. Eles incluem Desenvolvimento Rápido de Aplicativos (RAD), Scrum, Extreme Programming (XP), Kanban e outros.

Então, em algum momento de 2001, 17 desenvolvedores que praticavam uma forma de desenvolvimento ágil inicial ou outra, se reuniram em Utah, EUA. Em seguida, eles encerraram a reunião publicando o 'Manifesto para o Desenvolvimento de Software Ágil.

Este manifesto é baseado em 4 valores e 12 princípios.

Os 4 valores e 12 princípios do desenvolvimento ágil

A partir das experiências que reuniram durante a reunião, os 17 desenvolvedores chegaram a um acordo sobre um conjunto de valores para criar software com mais eficiência.

Esses quatro valores são os seguintes:

  1. Indivíduos e interações sobre os processos e ferramentas. Isso significa que desenvolver software com ferramentas seguindo um processo específico é importante. Mas ter pessoas competentes trabalhando juntas de forma mais eficaz é mais importante.

  2. Software de trabalho sobre a documentação completa. Este ataca o método em cascata de primeiro projetar software e escrever documentação para ele antes do processo real de desenvolvimento de software.

  3. Colaboração do cliente sobre a negociação do contrato. É somente trabalhando em estreita colaboração com o cliente ou usuário que você pode aprender e desenvolver exatamente o que o cliente precisa. Isso cria mais valor.

  4. Respondendo à mudança mais de seguir um plano. Depois de uma projeto plano é importante. Mas o plano não deve ser demasiado rígido. Deve acomodar mudanças para atender às expectativas das partes interessadas.

Esses valores do Manifesto Ágil acima são baseados em 12 Princípios e são os seguintes:

  1. Satisfação do cliente pela entrega antecipada e contínua de software valioso.
  2. Bem-vindo à mudança de requisitos, mesmo em desenvolvimento tardio.
  3. Entregar software funcionando com frequência (semanas em vez de meses)
  4. Cooperação estreita e diária entre empresários e desenvolvedores
  5. Os projetos são construídos em torno de indivíduos motivados, em quem se deve confiar
  6. A conversa cara a cara é a melhor forma de comunicação (co-location)
  7. Software funcionando é a principal medida de progresso
  8. Desenvolvimento sustentável, capaz de manter um ritmo constante
  9. Atenção contínua à excelência técnica e bom design
  10. Simplicidade - a arte de maximizar a quantidade de trabalho não feito - é essencial
  11. As melhores arquiteturas, requisitos e designs surgem de equipes auto-organizadas
  12. Regularmente, a equipe reflete sobre como se tornar mais eficaz e se ajusta de acordo

Iterações ou Sprints

As iterações ou sprints no desenvolvimento ágil de software são períodos curtos, geralmente de 1 a 4 semanas, nos quais o trabalho de desenvolvimento é dividido. Isso torna as coisas mais fáceis de gerenciar, pois requer menos planejamento.

Cada equipe também consiste em membros com funções diferentes, e estas podem incluir planejamento, análise, design, codificação e teste.

A equipe trabalha no software em cada iteração ou sprint juntos. E eles produzem um produto funcional no final. Este software funcional é uma medida do verdadeiro progresso, de acordo com o Manifesto Ágil.

Dependendo do produto e das necessidades do cliente, o produto de uma iteração pode ser lançado no mercado ou não. Portanto, muitas vezes são necessárias muitas iterações para uma única versão.

As vantagens do desenvolvimento ágil

Como você pode imaginar, a metodologia ágil traz muitas vantagens. Eles são os seguintes:

  1. Implementação mais rápida de ideias
  2. Mais flexibilidade do que a abordagem em cascata
  3. Melhorado produtividade com iterações gerenciadas
  4. Melhores produtos por meio de interações do usuário
  5. Erros são rapidamente identificados e eliminados

Desvantagens da metodologia ágil

Há também algumas desvantagens de trabalhar com um método de desenvolvimento ágil. E podem incluir:

  1. Pode ser difícil avaliar os custos completos no início
  2. Ele precisa de muita entrada do cliente
  3. Envolve muito trabalho não planejado
  4. Sem final de projeto claramente definido

Quando usar métodos ágeis

  1. Quando você não pode estimar o que o software requer
  2. Você tem acesso suficiente aos clientes
  3. Você está desenvolvendo um aplicativo da Web ou um sistema fácil de atualizar
  4. Você precisa capturar rapidamente a participação de mercado com um lançamento antecipado

Existem muitas estruturas de desenvolvimento ágil populares. Alguns começaram muito antes do Manifesto Ágil de 2001, enquanto outros vieram depois.

O objetivo de um framework é simplesmente definir as regras de um método. Portanto, embora os frameworks mais populares estejam listados abaixo para sua referência, existem muitos mais. E você também pode criar o seu ou modificar uma estrutura existente para se adequar à sua equipe.

  1. Scrum: esta estrutura foi projetada para equipes com 10 ou menos membros. O trabalho é dividido em sprints de 2 a 4 semanas com reuniões diárias de 15 minutos.

  2. Kanban: Originário da Toyota, Kanban é uma palavra japonesa que significa outdoor e é muito útil para equipes que apreciam recursos visuais. As tarefas são movidas de um estágio para outro usando representações visuais como notas adesivas ou aplicativos.

  3. Desenvolvimento rápido de aplicativos RAD: Esta frase pode se referir ao desenvolvimento ágil de software em geral ou ao método James Martin. O RAD se concentra nos requisitos da interface do usuário e depende muito da prototipagem.

  4. Startup magra: Este framework é para quem precisa desenvolver um produto ou serviço, mas antes precisa determinar sua viabilidade de mercado. Envolve o uso de experimentação para ver o que funciona e o que não funciona.

Outras estruturas notáveis ​​incluem Extreme Programming (XP), Adaptive Software Development, Agile Modeling, Dynamic Systems Development Method e Scaled Agile Framework.

Metodologias Ágeis x Waterfall

Aqui está uma visão lado a lado dos métodos ágeis e em cascata para o desenvolvimento de software. Pode ajudar saber como cada método se compara ao outro. Assim, você pode facilmente escolher as melhores ferramentas para o seu trabalho.

ÁgilCascata
Abordagem incremental e iterativaModelo de ciclo de vida linear e sequencial
Flexível para mudarImplementações rígidas
Testes e revisões estão em andamentoHá apenas uma fase de teste após a conclusão
Requisitos podem mudarOs requisitos são fixados após o planejamento
Uma coleção de muitos projetos menoresUm único projeto
Mais envolvimento do clienteMenor envolvimento do cliente

Desenvolvimento Adaptativo x Preditivo

O objetivo do desenvolvimento ágil de software é se adaptar às mudanças no mundo real. E isso geralmente é resultado das necessidades de um cliente ou usuário. A adaptação contrasta fortemente com a natureza preditiva do modelo em cascata.

Faz sentido então usar métodos ágeis ao desenvolver sistemas que você não tem tanta certeza de como as coisas vão acontecer. Ou quando há constantes mudanças e evolução em uma indústria. A internet é um grande exemplo.

Caso contrário, se você estiver desenvolvendo para um sistema ou mercado sobre o qual sabe tudo e que dificilmente muda ou é imune a mudanças. Então, a natureza preditiva da filosofia em cascata pode ser útil.

Artesanato de software

O Software Craftsmanship é outra filosofia que se baseia nos princípios de desenvolvimento ágil e se concentra em enfatizar as habilidades dos desenvolvedores de software envolvidos em um projeto.

O movimento Software Craftsmanship também tem um manifesto e afirma:

Como aspirantes a Artesãos de Software, estamos elevando o nível do desenvolvimento profissional de software, praticando-o e ajudando outros a aprender o ofício. Através deste trabalho, passamos a valorizar: · Não apenas software funcionando, mas também software bem elaborado · Não apenas respondendo a mudanças, mas também agregando valor de forma constante · Não apenas indivíduos e interações, mas também uma comunidade de profissionais · Não apenas o cliente colaboração, mas também parcerias produtivas Ou seja, na busca dos itens da esquerda consideramos indispensáveis ​​os itens da direita. © 2009, abaixo assinado. Esta declaração pode ser copiada livremente de qualquer forma, mas apenas em sua totalidade por meio deste aviso

Conclusão

Chegando ao final do nosso olhar sobre a metodologia ágil e desenvolvimento de software, você pode ver que existem muitas opções por aí.

Cada equipe é diferente. E assim como diferentes equipes desenvolveram seus diferentes métodos para se adaptar aos tempos de mudança. Você também terá que se adaptar seguindo uma estrutura já estabelecida ou adaptando-a para se adequar à sua equipe.

Nnamdi Okeke

Nnamdi Okeke

Nnamdi Okeke é um entusiasta de computadores que adora ler uma grande variedade de livros. Ele tem preferência por Linux sobre Windows/Mac e tem usado
Ubuntu desde seus primeiros dias. Você pode pegá-lo no twitter via bongotrax

Artigos: 278

Receba materiais tecnológicos

Tendências de tecnologia, tendências de inicialização, análises, renda online, ferramentas da web e marketing uma ou duas vezes por mês

um comentário

  1. Este é um dos melhores resumos e comparações que já vi.
    É útil ressaltar que o Agile NÃO é a resposta necessária para todos os problemas no desenvolvimento de SW corporativo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *